sábado, 11 de fevereiro de 2017

Invadida por lembranças de um abandono.
Tanta dor invadindo os sentimentos!
Tudo mudou e a culpada fui eu! Sempre sou eu!
Ela não me suportou!! Não manteve as coisas como eram!! Soltou minha mão, me deixou sozinha!! Depois partiu sem olhar pra tras! Me esqueceu!!
E agora revivo toda a dor do seu abandono.
Sinto uma dor extrema me devorando!!
Você disse que não me abandonaria e de repente se foi!
Só dói! Dói profundamente!!
Seu cheiro, seus olhos, suas mãos!
E é tudo minha culpa!! Por ser pesada demais, por ser insuportável, por cansar as pessoas, por não ter nada de bom em mim pra manter as pessoas perto.
Deus, como dói!!
Se ao menos conseguisse me livrar de toda essa dor!!
Se conseguisse arrancar a dor de mim!!
Se conseguisse me esquecer de você!!
E como se só o seu abandono já não fosse o suficiente, as pessoas que vieram de você também se foram!!
Nem responder meu email ela respondeu
Todos me esqueceram!
É como se eu nunca tivesse existido pra nenhum de vocês!!
Eu não existo!!
Sou insignificante!! E ao mesmo tempo sou um peso, só incomodo as pessoas!!
Ninguém se importa comigo!!
Todos se foram!!
E os que ainda estão logo irão também!!
Sinto um frio indescritível!! Sinto um vazio me devorando!! E DÓI!! Me sinto perdida, me sinto confusa, me sinto sozinha!!
Estou zonza, estou sem ar! Uma força aperta o coração!! É um labirinto de dor!!
Estou morrendo??
Coisas falam na minha cabeça!! Me acusando!! Apontando todos os meus erros!! Uma tal irresponsabilidade, uma tal incapacidade!! Um ÓDIO DE MIM!!!
- VOCÊ É IRRESPONSÁVEL!!
- VOCÊ É A CULPADA POR SUA VIDA ESTAR ASSIM!!
- VOCÊ É A CULPADA POR NÃO TER VIDA!!!
- A CULPA É SUA POR TODOS TE ABANDONAREM!!
- VOCÊ CANSA AS PESSOAS!!
- VOCÊ É UM PESO PRO MUNDO!!
- VOCÊ É INSIGNIFICANTE!!
- NINGUÉM TE SUPORTA!!
- TODOS VÃO EMBORA!!
- VOCÊ VAI FICAR SOZINHA PRA SEMPRE!!
- SUA BURRA!! SUA INÚTIL!! LIXO!!
- MORRA!!

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Uma máscara que sorri desesperada, implorando que não vejam o abismo que existe dentro dela!
---------------------------
Você é a pior pessoa do mundo!
Todos estão muito acima de você! Não importa o que você faça, continuará sempre rastejando no chão!
Incompetente! Nunca faz nada certo! Não adianta se esforçar! Tudo estará sempre errado! Você é errada! Não faz parte desse mundo que enxerga! Nunca fez e nunca vai fazer!
Precisa pagar caro por tantos erros! Você é a culpada!
Imprestável! 
--------------------------
As unhas penetrando na carne! A dor física tomando o lugar da insuportável dor que existe no mundo de dentro! Essa é a única saída para a incompetente que não consegue se matar!
-------------------------
E o vazio te consome inteira! E essa falta de sentido! Essa falta de caminhos!
É um monstro que vai te devorando inteirinha!
Um monstro negro te arrastando pra escuridão!
Não existe mais vida!
Você não consegue se mover!
Não enxerga nenhuma luz! Nenhuma saída!
E tanta dor te tira o ar, te cega, te engole!
E uma coisa grita assustadora em sua cabeça!
Esses são os demônios que te acompanham! 
VOCÊ PRECISA MORRER!
É isso que você deve fazer com sua vida! Por um fim nela!
Acabar de uma vez com tudo isso!!!
Nada vai adiantar!
Nada nunca adiantou!!!!
Você é um monstro! Uma aberração que não deveria ter nascido!
Olha todas as pessoas! Vê o quanto são melhores que você!
Vê que não importa o que você faça, nunca será igual a elas!
E ninguém se importa!
Ninguém nunca se importou!
Você tenta se enganar! Tenta se convencer que alguém se importa!
Tenta se convencer de que existe alguém ao seu lado!
Mas é em vão!
Tudo é em vão!
Todas essas palavras são em vão!
Por mais que escreva não vai conseguir arrancar de você todos esses demônios! Não vai conseguir sair desse abismo!
- VÃO EMBORA COISAS RUINS!
Como você é burra!
Nós nunca te deixaremos!
----------------------------
Tudo escuro! Solidão! Dor! Desespero! Falta o ar! Faltam forças! Falta vida!
Tudo girando! Explosões na minha cabeça! Explosões de sentimentos ruins! Explosões de pensamentos insuportáveis!
Como queria me libertar de tudo isso!
Cortar qualquer elo que ainda me ligue a esse corpo onde todas essas coisas acontecem!
Em minha cabeça vejo um corpo mutilado, vejo sangue, vejo a morte em comprimidos, a morte numa corda, a morte num precipício, a morte nos carros passando e no desejo louco de me lançar na frente deles! A MORTE em tudo!
Como queria que essa morte viesse! Como queria trazer pra realidade todos os cortes e todo o sangue que enxergo nesse corpo monstruoso!
COMO QUERIA ACABAR COM TUDO ISSO!
E a coisa ainda me desafia! Gritando na minha cabeça que se eu quisesse de verdade eu faria!
E, ainda, outra coisa grita mais ainda que sou uma covarde incapaz de se matar!
- NEM PRA ISSO VOCÊ PRESTA!
Vergonha de mim! Vergonha de ser quem sou (ou não sou)! Vergonha de tudo!
Medo do mundo! Medo das pessoas! Medo de tudo!
PAVOR! DESESPERO!!!!
---------------------------
SE MATE! SE MATE! SE MATE! SE MATE! SE MATE! SE MATE!
COMPRIMIDOS!!! CORTES!!!! DOR! SANGUE!
SE MATE!
--------------------------
Não escolhi nascer!
Escolheram por mim e sou obrigada a arcar com as consequências de uma escolha que não foi minha!
Queria não ter nascido!
Queria dormir pra sempre!
Queria sumir!
----------------------------
MAS VOCÊ NÃO TEM CORAGEM!!!!

SE MATE!!!

Tudo girando! Quanta confusão!
Me sinto perdida!

SE MATE!!!!!!

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Você é muito burra!
É uma idiota!
Confiou e mais uma vez vai ser abandonada!
Não entende que todos sempre te abandonam!
Ainda ousou confiar!
MUITO BURRA!
Precisa sofrer! Precisa morrer!
Precisa ser castigada por ainda confiar!
Odeio você!
VOU TE MATAR!

ÓDIO DE MIM!
DESESPERO ENORME ME ENGOLINDO!
MAIS UMA VEZ FUI ENGANADA!
ÓDIO DESSAS PESSOAS!
VONTADE DE MATAR UMA POR UMA E DEPOIS ME MATAR!
PRECISO MORRER!
FALTA O CHÃO! FALTA O AR!

NENHUMA PALAVRA EXPRESSA O TAMANHO DA DOR E DA CONFUSÃO!
FOI ABANDONADA! DE NOVO!

QUE SE DANE ESSE TRATAMENTO!
QUE SE DANEM TODAS ESSAS PESSOAS QUE ME ENGANAM!
RIEM DE MIM!
ZOMBAM DA MINHA DOR!
PENSANDO: ESSA BURRA AINDA ACREDITA EM MIM!
VOU ABANDONÁ-LA! FAZER PICADINHO DELA! DE TODOS OS SENTIMENTOS DELA!
PORQUE É ISSO QUE ELA MERECE!
É ISSO QUE ELA SEMPRE MERECEU!

TODOS ME ENGANAM!
TODOS QUEREM RIR DE MIM! RIR DA MINHA DOR!
ODEIO TODOS VOCÊS!
VOU MATAR UM POR UM!
VOU ME MATAR!

NINGUÉM MAIS VAI ME ENGANAR!
NINGUÉM MAIS VAI RIR DE MIM!
NÃO POSSO MAIS CONFIAR!
NÃO SUPORTO MAIS SER ABANDONADA!

EU CONFIEI! eu confiei!
PISAM EM MIM! ENQUANTO EU RASTEJO NO CHÃO IMPLORANDO UM CUIDADO QUE NUNCA CHEGA! UM CUIDADO VERDADEIRO! UM CUIDADO DE ALGUÉM QUE NÃO ME ABANDONE NUNCA!

A verdade é que ninguém te suporta! Ninguém nunca te suportou e nunca vai suportar!
Por isso todos vão embora!

Você é um lixo! UM LIXO!
MERECE SOFRER! MERECE MORRER!

NINGUÉM SABE O QUANTO FOI DIFÍCIL CHEGAR ATÉ ESSA PESSOA!
O TANTO DE VOZES QUE TEVE DE CALAR DENTRO DE SI PARA COMEÇAR UM MALDITO TRATAMENTO!
E AGORA, O QUE RESTAM? SÓ AS VOZES! AS MESMAS VOZES QUE VOCÊ TENTOU CALAR!
GRITANDO COM TODA A FORÇA DENTRO DE VOCÊ!
PORQUE VOCÊ SÓ TEM ELAS!
MAIS NINGUÉM É CONFIÁVEL!
TODOS SÃO COBRAS ESCONDIDAS ATRÁS DE UMA MÁSCARA DE TRATAMENTO!
COBRAS QUE TE ENGANAM! PRONTAS PRA DAR O BOTE!
PRONTAS PRA TE MACHUCAR! PRA TE ENGANAR! PRA RIR DE VOCÊ!

Você nunca foi importante pra ninguém!
Todos te substituem por qualquer outra coisa!

NINGUÉM TE SUPORTA!

MORTE!

ARRANCA LOGO A LÂMINA DO APONTADOR E SE MACHUQUE!
E TOMARA QUE SANGRE ATÉ MORRER!
PORQUE, DE VERDADE, NINGUÉM VAI SE IMPORTAR!
E NÃO ADIANTA TENTAR ME CALAR!
EU FALO O QUE VOCÊ SENTE! SÓ NOMEIO SEUS SENTIMENTOS!
SENTIMENTOS QUE ESTÃO TODOS AQUI! NO MUNDO DE DENTRO!

SUFOCADA! DESESPERADA! MORRENDO!

[[LEMBRE-SE DE NÃO CONFIAR!]]

NÃO QUERO MAIS FALAR COM NINGUÉM!
NINGUÉM!
TENHO QUE ESCONDER TODOS ESSES SENTIMENTOS LÁ NO FUNDO!
DE ONDE NUNCA DEVERIAM TER SAÍDO!
COLOCAR DE NOVO A MÁSCARA!
VOLTAR A SER AQUELE PERSONAGEM!
ENGOLIR TUDO ISSO!

MORRER!

terça-feira, 10 de maio de 2016

Você está presa numa confusão de sentimentos ruins!
Se sente sufocada!
Sente o corpo tremer, de nervosismo, de angústia, de dor!
Uma noite muito mal dormida, uma insônia na solidão da madrugada escura!
Você só queria um abraço, mas não tinha ninguém!
Queria um abraço tão profundo que curasse todas as dores que se misturam nessa confusão infinita!
Só a frieza do silêncio da madrugada te acompanha, envolve seu corpo como uma presença real, concreta, que só faz doer!
Silêncio no mundo de fora enquanto no mundo de dentro os pensamentos fervem sua cabeça!
Anormal! Louca! Irreal! Lixo! Insignificante! Sozinha! Burra! Chata! Imprestável!
... ... ...
E continuam ofensas inimagináveis!
E contia a tortura sufocante!
O desespero incontrolável!
A dor! A DOR!!!!
O vazio! A falta de sentido em tudo! A falta de forças! A FALTA DE VIDA!!!
Nenhuma lágrima no corpo mórbido!
Enquanto no mundo de dentro se afoga entre elas!
Sufocada! Aprisionada!
O mundo de fora é uma prisão onde todos te vigiam, te controlam, te invadem!
Uma prisão onde apenas sorrisos petrificados são aceitos!
Lágrimas são condenadas, abolidas!
Dores são sufocadas, trancafiadas num mundo onde ninguém pode enxergar!
E dessa forma é impossível existir de verdade!

Ninguém consegue me enxergar!
Ninguém consegue quebrar as paredes da prisão!
Ninguém consegue me resgatar desse abismo infinito que me devora até o último fio de cabelo! E eu não tenho nenhuma condição de sair daqui sozinha!!!
Sou a culpada?
A coisa na minha cabeça diz que sim!
A coisa na minha cabeça diz que eu não tento! Que eu não luto! Chega até a dizer que toda essa dor não está aqui! Que é tudo frescura, drama, ou coisa parecida!
Coisa, o que é você afinal de contas?
Como se não bastassem todos esses sentimentos horríveis você ainda vem com toda sua crueldade para me machucar ainda mais???
O QUE É VOCÊ?
Uma parte de mim? Eco de vozes das pessoas do mundo de fora? Um alguém que existe independente de mim?
Não sei o que é você!
Acho que é um alguém que existe diferente de mim! Acho que é um parasita que mora na minha cabeça só pra me machucar ainda mais!
Coisa, você quer possuir esse corpo?
Pode ficar, não faço questão de lutar por ele! Ele não é meu!
Pode viver nele!
Mas me deixa sair daqui primeiro!
Porque eu definitivamente não aguento mais!
Não aguento mais essa dor infinita que existe em mim somada a essa dor que sou obrigada a sentir pelas coisas que você diz!
Não aguento mais não existir pra ninguém e ser obrigada a arrastar esse corpo por esse mundo de fora! Esse mundo prisão! Em que me vigiam e não me enxergam ao mesmo tempo!
Não aguento mais sentir somente coisas ruins, ser insensível, indiferente, a sentimentos bons! Não aguento mais me arrastar no chão implorando amor, implorando um cuidado que não chega de lugar nenhum!
Só queria umas migalhas! E quando percebo alguma migalha, mergulho inteiramente nela, como se fosse a última gota d'água, na esperança de sentir algo de bom, algo que cure, algo que dure, MAS NÃO SINTO!!!!
Só sinto o vazio! A dor! A solidão! A agonia!!!
Só sinto o medo, O PAVOR! O DESESPERO!!!!
Só sinto a falta de força! A falta de sentido! A falta de motivo!
Só sinto indiferença pelo mundo! TUDO É BANAL!
Só sinto a falta de contato com esse mundo que dizem ser o real! A falta de contato verdadeiro com as pessoas!
SÓ DÓI!
SÓ SINTO COISAS RUINS!!!

PEQUENININHA! APAVORADA! MACHUCADA! VULNERÁVEL! SOZINHA! DOENDO!

SÓ DÓI!

UM BURACO DENTRO DE MIM!
ME DEVORA NA ALTURA DO ESTÔMAGO!!!!
RAPIDAMENTE O BURACO ME ENGOLE INTEIRA!
APRISIONADA NA CONFUSÃO!
NÃO CONSIGO SAIR!
AGORA OUTRO BURACO ME ENVOLVE!
ME PUXA CADA VEZ MAIS FUNDO!
IMPOSSÍVEL SAIR!
ALGUÉM, ME TIRA DAQUI!
- ninguém me escuta -

Não adianta gritar!
Não adianta escrever!
Nada adianta!
Nada cura!

Escrava de comprimidos que por vezes sinto não adiantar pra nada! Que em outras vezes sinto deixar tudo pior!
O que é tudo isso que sinto?
Faz parte de um diagnóstico que alguém me deu?
Mesmo se for parte de um diagnóstico, as pessoas do mundo de fora não concordam e dizem: "É só uma fase que vai passar!"
NUNCA PASSOU!
Ao menos o diagnóstico confirma o que sinto: que tem algo muito errado comigo!

O ÓDIO ME CONSOME!
ÓDIO POR SENTIR TODAS ESSAS COISAS E NÃO TER NENHUMA SAÍDA PRA ISSO TUDO!
ÓDIO DO MUNDO!
ÓDIO DAS PESSOAS QUE NÃO SURGEM DE LUGAR ALGUM PRA ME SALVAR!
PRECISO DESTRUIR TUDO!

ÓDIO DE MIM POR NÃO CONSEGUIR SAIR DAQUI SOZINHA!
- sou pequena demais -
PRECISO ME DESTRUIR!

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Tudo faz lembrar você!
As músicas, até os barulhos!
As cores da parede, o chocolate quente, o perfume, o cobertor!
Os programas da TV, os comerciais, o volume da tv!
Os desenhos, as escritas, as conversas, as pessoas!
O sofá, as almofadas, o tricô, as roupas, os sapatos, a comida!
O cabelo, o esmalte, os dentes!
Chocolate!
TUDO LEMBRA VOCÊ!
Porque TUDO já esteve presente no mundo que criamos pra nós duas!
E agora você se foi! Me abandonou numa solidão terrível!
E tudo o que vejo são marcas de um mundo que você deixou em mim!
Um mundo onde finalmente eu existi!
Um mundo onde algo foi real!
O mundo mais seguro em que já estive!
E tudo foi arrancado de mim à força!
TÁ DOENDO MUITO!
E onde você está?
Por que foi embora e me deixou aqui sozinha?
Até quando vai doer tanto assim?
Até quando o buraco do seu vazio, da sua falta, ainda vão me devorar?
Já perdi a conta do número de vezes que passei por alguém na rua e pensei que fosse você!
Como eu queria que tudo fosse um pesadelo e que eu pudesse acordar!
Você não quis continuar comigo!
Me jogou no lixo! Um lixo do qual eu nunca deveria ter saído!
Te conhecer me transformou!
Não sei se transformou pra melhor ou pra pior!
As vezes sinto que foi pra pior!
De tão grande que está minha fragilidade em relação ao mundo e às pessoas!
Antes pelo menos eu conseguia mentir, conseguia manter trancado, aprisionado no fundo da alma, toda essa fragilidade e pequenez!
Mas e agora?
Você me deixou com a alma desnudada! Com o coração na carne, coração nos olhos, nos cabelos, nas mãos, enfim, na pele! Coração em tudo! Sentimento em tudo!
Me fez desnudar tudo que estava em mim, olhou, não suportou ou se cansou, até que parou de olhar, até que me abandonou!
E me deixou fragilizada! Pequena! Com medo de tudo! Com todo o mundo machucando! Com tudo doendo!
Será que você ri de mim? Será que me enganou o tempo inteiro e acha graça de tudo que vivemos?
A coisa na minha cabeça diz que sim!
E COMO EU QUERO ACREDITAR QUE NÃO!
Mas vem na minha cabeça a imagem de você rindo! Rindo de mim! Rindo por ter me enganado! Zombando da minha dor! Como uma bruxa má!
Tento desesperadamente trocar essa imagem por outra! Uma imagem boa! Quando você abria a porta, dizia: "Vamos lá?" Sorria docemente e perguntava: "E aí?"
Mas essa imagem também dói! Mesmo sendo boa!
TUDO DÓI!
Dói porque me faz lembrar que você não está aqui! Que essas imagens boas nunca mais vão acontecer!
São só lembranças! Só marcas que você deixou em mim!
Ninguém nunca vai me olhar com o seu olhar!
Ninguém nunca vai abraçar com seu abraço!
Ninguém vai segurar o mundo como você segurou quando eu sentia que estava tudo desabando!
Ninguém vai ajuntar meus pedaços quando eu me sentir desmontando!
A culpa é sua por tanta fragilidade existir em mim!
A culpa é sua!
Você fez tirar a máscara! Você fez parar de fingir! Você encontrou o que estava escondido no mais íntimo de mim! Que escondi até de mim, para não sofrer! Porque acho que na verdade sempre soube o que aconteceria se tudo isso viesse à tona, por isso escondia! Mas você trouxe pra fora! Me fez confiar que estaria comigo! Que não me deixaria sozinha com as coisas ruins! E agora que tudo isso está aqui, você me deixou!
NÃO AGUENTO MAIS CHORAR SUA PARTIDA!
SEU ABANDONO!
AS MARCAS DO VAZIO QUE VOCÊ DEIXOU EM MIM!
ÓDIO DESSAS LÁGRIMAS!
ÓDIO DESSA DOR NA GARGANTA!
DESSA VONTADE DESESPERADA DE GRITAR!
GRITAR SEU NOME!
Fazer loucuras para ter você novamente!
Para sentir um único abraço!
MAS VOCÊ SE FOI PARA SEMPRE!
CLAMO PARA QUE VOCÊ VOLTE!
Clamo por seus olhares doces! Seus sorrisos doces! Seus abraços que protegiam e faziam esquecer que tudo doía dentro de mim! Esquecer que o mundo estava desabando!
Seu olhar que me guardava mesmo de longe!
Suas palavras! SUA VOZ!
Sua imagem que não sai de mim!
Sua presença que virou ausência! Que virou mais dor ainda em mim!
DEUS! QUANTA DOR!
Por que entrou na minha vida (que não é vida) para me abandonar depois?
Por que me fez desnudar meu ser se logo viraria a cara, logo pararia de olhar?
LOGO ABANDONARIA?
Por que você existiu pra mim? Se logo deixaria de existir?
Antes eu nunca tivesse existido para você, nem você pra mim!
Antes nunca tivesse te conhecido!

"Disseste que se tua voz, tivesse força igual à imensa dor que sentes, seu grito acordaria não só a sua casa, mas a vizinhança inteira!" - o universo inteiro! explodiria o universo se a dor coubesse num grito! -

...~a angra é dos reis!~...

terça-feira, 19 de abril de 2016

PAVOR! DESESPERO!
ONDE ESTOU??
Estou presa num lugar horrível, com barulhos assustadores me invadindo! Me consumindo, me devorando inteira!!!!!
Estou sozinha nesse lugar apavorante! APAVORADA! MUITO MEDO!!!!
Falta o ar, faltam as forças!
Me sinto pequena e sem ninguém pra proteger, pra segurar no colo, pra tampar os ouvidos, pra não deixar o barulho horrível me invadir!
Essas vozes, esse lugar! É TUDO DESESPERADOR!!!!
Não posso gritar! A voz some na garganta! Tudo some! As forças somem!!!!
Alguém me chama, lá longe, em outro mundo, outro universo completamente separado daquele onde estou aprisionada!!!!
Essa voz longe me diz pra não ouvir essas coisas que estou ouvindo, diz que isso não é pra mim! Mas essas coisas estão me invadindo!!!! Não consigo controlar!!!! Esses barulhos assustadores, ESSAS VOZES!!!
DEUS, ESTOU ENLOUQUECENDO!!!!
A voz longe continua a me chamar, tenta me levar pra perto dela!!!
Mas as coisas ruins me seguram!!!!
Como mãos negras infinitamente maiores do que eu que me prendem onde estou!!!!
Me seguram!!!! Me asfixiam na minha cama, no meu quarto, no escuro!!!!
E a voz lá longe diz que não estou lá, que estou em outro lugar!!!!!
MAS ISSO NÃO É VERDADE!!!!
ESSAS MÃOS ME APERTAM NA MINHA CAMA!
OS BARULHOS ME INVADEM!!!!
Está de madrugada, MUITO ESCURO!
O COBERTOR NÃO ME PROTEGE!!!!
NÃO CHORO, NÃO GRITO, NÃO FALO!!!!
Paralisada! APRISIONADA!
E A VOZ LÁ LONGE CONTINUA ME CHAMANDO!!!!
Voz, como faço pra chegar até você? ONDE VOCÊ ESTÁ????
Quero desesperadamente chegar até você!
Preciso fugir daqui!!!!
Depois de muito esforço consigo enxergar de onde vem a voz!!! Acho que a voz lá de longe agora está perto!
- E você é quem?
- Sua psicóloga!
"voz lá de longe", agora você é a única pessoa que existe! NÃO ME DEIXE!!!
Não deixe voltar para aquele lugar assustador!!!!
- O tempo acabou!
Tempo? Mas que tempo? O que é tempo???
Não consigo entender nada! Nada faz sentido!!!
O que significa "Sua psicóloga"? O que significa: "O tempo acabou"?
Voz lá de longe, consigo te sentir, consigo te tocar, você está aqui, nesse outro lugar!!! ME PROTEGE! TE IMPLORO! ESTÁ TUDO CONFUSO E ASSUSTADOR!!!!
A porta abre, vejo outra pessoa, mas essa pessoa está em outro universo, um universo que não dá pra tocar!
Sinto MEDO dessa pessoa!
Um corredor, mais duas pessoas!
Essas pessoas que vejo não são pessoas, não são a "voz lá de longe", são monstros assustadores que vão me fazer mal!
- Tenho que atender outra pessoa e você sabe disso!
Eu sei??? Eu não sei de nada!!!! ABSOLUTAMENTE NADA! E você não consegue me entender!
Eu não estou entendendo nada e o pavor que estava lá, naquele quarto, naquela cama, naquele escuro, naquelas vozes, também está aqui nesse outro lugar!!!!
E só com você, "voz lá de longe", é que estou segura!!!
Não me deixe! TE IMPLORO!
MAS VOCÊ DÁ AS COSTAS E ME DEIXA AQUI!
APAVORADA, SOZINHA, DESESPERADA!
ESTOU COM MEDO!!!!
NÃO TEM NINGUÉM! E A ÚNICA PESSOA QUE EXISTE FOI EMBORA!
Sigo a "voz lá de longe", entrou numa sala, tinha outra sala, cadeiras, sentei!
E tinham as vozes do rádio, e tinha as imagens daquele lugar assustador dentro da minha cabeça!
ESTOU EM DOIS MUNDOS AO MESMO TEMPO!!!!
ESTOU APAVORADA! SOZINHA! DESESPERADA!!!!!
SINTO UMA DOR PROFUNDA!!!!
DEUS, COMO DÓI!!!!
Tampo os ouvidos e não resolve!!!!
As imagens dentro da minha cabeça, as imagens desse mundo fora da minha cabeça! As vozes dentro da minha cabeça, as vozes no rádio!
AAAAAAAAIIIIIIIIIIIIIII!!!!!
TÁ TUDO CONFUSO E DOENDO TANTO!
PAVOOOOR!!! MEDO! DESESPERO!
DE NOVO NÃO POSSO GRITAR!
DE NOVO TENHO QUE FICAR QUIETINHA!!!!
TEM DOIS MUNDOS, TEM DOIS LUGARES DIFERENTES! E OS DOIS SÃO APAVORANTES! OS DOIS GERAM DESESPERO!!!
CADÊ a "voz lá de longe"????
ESTOU SOZINHA! A "voz lá de longe" ME ABANDONOU!!!!
SÓ ELA EXISTE E ELA ME DEIXOU!!!!
Fecho os olhos, aperto os ouvido, mas não adianta!!!!
O corredor fica escuro! MEDO!
SAIO CORRENDO, DESESPERADA!
A luz do corredor acende novamente!
Elevador, criaturas assustadoras entram no elevador! MEDO!
Portaria, roleta, banco, BARULHO!!!!
Depois de muito tempo as coisas começaram a ficar mais claras, mas ainda machucando muito! AINDA HABITANDO DOIS MUNDOS!!!
TUDO ASSUSTADOR! TUDO MACHUCANDO!
Vejo um monte de criaturas assustadoras!!!!
SÃO PESSOAS!!!!
Pessoas que vão me fazer mal!
Só a "voz lá de longe" pode proteger!!!!
Só a "voz lá de longe" pode me enxergar!
Visto uma máscara!!!!
Finjo que o INFERNO não está em mim!!!!
Ninguém pode ver os dois mundos! Ninguém pode me ver pequena, indefesa, assustada, com medo! Pois se alguém vir esse alguém vai machucar muito mais!
Tudo é barulho, tudo invade, tudo machuca!!!
NÃO ESTOU SUPORTANDO! Mas a máscara finge estar tudo bem!!!!
APAVORADA! DESESPERADA! MUITO MACHUCADA E SENDO MACHUCADA A CADA INSTANTE MAIS!
DEUS, QUANDO ISSO VAI ACABAR????
- só com a morte! -

sábado, 16 de abril de 2016

Uma anormal que não se encaixa no mundo!
Não consegue se relacionar com ninguém! Não consegue sentir nada por ninguém! Quando consegue sentir algo de bom por alguém, sente que não consegue estar em contato com esse alguém! Como se estivesse presa num lugar inacessível! Lugar onde não pode ser vista, não pode ser tocada! INALCANÇÁVEL! Inatingível! Dessa forma não consegue sentir o alguém! E como queria sentir! Por mais que esteja perto não sente! Por mais que esteja perto não se sente vista!
E ao mesmo tempo se sente invadida! Ao mesmo tempo se sente controlada, vigiada!
MEDO DAS PESSOAS!!!!
Medo de qualquer contato!
Medo de olhares! Medo de olhar nos olhos! Como se o olho no olho significasse que o outro é capaz de entrar, de invadir, de descobrir o caos que existe no mundo de dentro! Até mesmo aquele alguém que desejava ter por perto causa pavor quando olha nos olhos!!!!
Não consegue conversar, não se interessa por nenhum assunto, não tem nada a dizer sobre nada, como se tudo fosse banal! - Mundo banal! -
Então se esconde atrás de uma máscara, mascara o olhar, pra conseguir olhar nos olhos, mascara a voz, pra tentar - a duras penas - conversar!
Tenta ser menos anormal, finge ser normal! Imitando todas as outras pessoas normais!
Age da forma que vê as outras pessoas agindo! Nada é expontâneo, tudo é forçado! Tudo é imitação!
Não tem opinião sobre nenhum assunto! Repete ideias copiadas de outras mentes! Repete exatamente igual!
No mundo de fora: NADA TEM QUE SEJA VERDADEIRAMENTE SEU!
Só o que existe no mundo de dentro! Só o que tem por trás da máscara!
Só os sentimentos ruins, só o pavor, só o isolamento! Só as lembranças ruins!
Lembra dos sentimentos de ser vigiada, das câmeras que não podiam ser vistas com os olhos do mundo de fora, mas que estavam lá! Da sua vida ser toda controlada pra ser vista por outras pessoas, pra se tornar uma piada pro outros! PRA TODOS RIREM!!!!
RIREM DA PESSOA MAIS IDIOTA DO MUNDO! DA TROUXA ENGANADA!
Um "Show de Truman" verdadeiro!
- Será que as câmeras ainda estão aqui?? Não as sinto mais, mas e se ainda estiverem??? -
Todo pensam mal de mim dentro da cabeça deles! Todos riem de mim! ZOMBAM DE MIM!!!
Queria ser normal e passar despercebida, sumir na multidão, igual a todo mundo, NORMAL!!! Mas não consigo! Por mais que me esforce ainda sou observada! Ainda sou diferente deles! ELES AINDA RIEM DE MIM!!!
Ficar em casa, escondida mascarada, é o mais seguro! Não ser obrigada a estar perto das pessoas!!! Mas até em casa sou vigiada!!! Olhares em baixo da porta do banheiro! Então nenhum lugar é seguro!
ESTOU SUFOCADA! APRISIONADA!!!!
NÃO POSSO EXISTIR!
NÃO EXISTO!!!
NÃO TENHO VIDA!
Todo mundo tem vida!
Não faço parte da vida de ninguém! Sem importância pra ninguém!
Não consigo sentir o amor de ninguém!
Ninguém me ama!
Se alguém me ama a culpa é minha por não sentir!
Um coração congelado incapaz de sentir amor!
O QUE É O AMOR?
O QUE TEM DE ERRADO COMIGO??
O que sempre houve de errado comigo? Por que nunca me adequei ao mundo?
Me lembro de poucos momentos que consegui me adequar e não consigo saber se era a máscara, o personagem, ou se era eu!!!!
E agora qualquer momento parecido com esses que me lembro é impossível!!!!
Aquele sorriso morreu, aquelas palavras morreram!
E mesmo nesses momentos não me senti amada! Não me senti especial, única, querida! Mesmo nesses momentos que me lembro as coisas não eram fáceis! Mas alguns sorrisos ainda eram possíveis, algumas palavras ainda eram possíveis! E agora? Algo mudou! Tudo se tornou ainda mais difícil! Tudo ficou ainda mais escuro, mais apavorante, mais sem sentido!!!!
Nada no mundo faz sentido! Nada vale a pena!
Sorrisos não existem! Palavras com qualquer pessoa são impossíveis!
Tudo está vazio! Numa solidão imensurável!!!!
Tudo escuro e sem saída!
Tudo desesperador, sufocante!!!
Um texto enorme com tantas coisas misturadas! E ainda tem tanto sentimento em mim!!!!
Se ao menos escrever esvaziasse!
Até escrever é difícil!
É difícil fazer as palavras terem nexo!
E EU SEMPRE GOSTEI DE ESCREVER!!!!!
POR QUE ATÉ ISSO FICOU DIFÍCIL????
O que está acontecendo comigo agora?
O que aconteceu comigo a vida inteira que sempre fui anormal???
As coisas pioraram agora e não encontro um motivo que justifique!!!
Tudo sempre foi difícil e também não encontro motivo!!!!
ESTOU PERDIDA! E SOZINHA!
Está muito escuro onde estou, aqui, na mundo de dentro! Me sinto envolta numa confusão terrível! Sinto muito medo! Me sinto extremente pequena! Sem a menor condição de me cuidar sozinha, de me proteger, de me acalmar, de me dar um colo!!!
PORQUE NÃO CHEGA UM COLO DE LUGAR NENHUM???
PORQUE NINGUÉM PROTEGE???
PORQUE NINGUÉM CUIDA????
ONDE ESTOU???
Tantas perguntas e nenhuma resposta!
TANTA CONFUSÃO!
TANTO MEDO!!
TANTA SOLIDÃO!
Tantas coisas em mim!
E não consigo falar!
Não consigo mais escrever!
E um texto enorme não diz um milésimo do que está preso aqui dentro, do que está nessa confusão que me rodeia, do que me dói tanto! Do que me apavora! Me desespera!
NÃO TEM SAÍDA!